sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Um caso de amor...só com você!

Gente, seguinte: vou confessar que por pouco não desisti do blog. Passei mais de ano sem publicar nada numa junção de falta de tempo e paciência. De verdade eu achava que ninguém entrava pra ler. Aí certo dia recebo um e-mail de uma menina (que não conheço) sobre uma traição da qual ela passou. Junto a isso, sempre via curtidas de pessoas que também não conheço lá na página do blog no Facebook. E quando resolvi entrar, percebi que tinham alguns comentários novos num post, e muitas curtidas nesse tempo que passei sem acessar. Eu fiquei tão, mas tão feliz com isso! Muito obrigada a vocês que entram aqui, nem que seja por curiosidade. Confesso que isso me deu um ânimo novo, e já renovei a anuidade do endereço do blog. Obrigada mesmo!!!

Mas bem, o que eu percebi é que o post mais acessado, disparado, é o Qual o pior castigo pra traição?. Genteeeee, como assim???? Então isso só prova que em pleno século XXI as pessoas continuam traindo sem escrúpulos (e na maioria das vezes sem motivos). Eu acho isso tão surreal, tão desnecessário. Poxa, se a pessoa não quer mais, melhor dar tchau e seguir o rumo, né?


Eu tô viciada na série MAD MEN, que se passa no comecinho da década de 60, e mostra bem como a sociedade era extremamente machista naquela época, e em como a infidelidade era tão banalizada. Engraçado que mais de 50 anos se passaram, e até hoje a infidelidade é tão comum. 

Aí vem a pergunta que não quer calar: "Por que os homens (e mulheres) traem?". Alguém aí sabe a resposta? Se souber, saiba que vai ganhar milhões com essa informação. Sei que adolescentes (princialmente os meninos), traem muito por "fogo" e simplesmente pela facilidade de "ciscar" em outros galinheiros. Mas penso se depois que passa esse boom hormonal, ainda se justificaria alguma traição. Antigamente ainda tinha aquela coisa de que "traio porque minha mulher não faz em casa". Mas sério que esse papo ainda rola? Porque o que eu vejo cada vez mais são as mulheres casadas e comprometidas ousando mais nas relações, e não apenas para fazerem seus homens felizes, mas também pela felicidade da Deusa Interior delas (50 Tons feelings).

Teve um comentário no post original, que a menina disse que meu conselho de vingança foi o melhor. E sinceramente, ele foi o mais simples conselho que se poderia dar: ame-se. Não apenas quando a traição já aconteceu, mas devemos nos amar em 1º lugar, pra depois amarmos seja lá quem for. Muitos homens aí são uns babacas machistas fdp que ficam colocando suas mulheres pra baixo, usando os pontos fracos delas pra deixá-las fragilizadas. Isso tá muito errado!!!! O grande problema da relação, nesses casos, não são os defeitos da mulher, mas sim o homem como um todo. Nesse caso, o conselho é: se amou e viu que o traste ao seu lado não estava à sua altura? Parte pra outra, amiga, com certeza nesse mundo enorme alguém vai te valorizar e te tratar como você merece. E se demorar pra encontrar esse alguém, vai se amando e se curtindo cada vez mais, pra se orgulhar cada vez mais da mulher que você é e do que você conquistou!

 

Tá me chamando de goooooorda!?!?!

Minha foto

Sou uma arquiteta metida a programadora visual, fotógrafa e conselheira amorosa. Filha única, cresci sendo amiga de muitos meninos, que eram como meus irmãos. Isso me fez ver a mente masculina de uma forma um pouco diferente...