domingo, 19 de maio de 2013

Sereia Dukão

Garçonete da Heart Attack Grill,
rede americana que só tem gorduras!
Oi gente!!! Poxa, hoje é domingo, dia que por muito tempo terminou em pizza pra mim, literalmente (e com borda de catupiry). Digo no passado porque agora entrei nessa vibe de dieta de proteínas. Primeiro quero deixar beeem claro que esse é um blog de assuntos diversos, e não de dieta, e muito menos vou dizer que o Whey Protein é vida! Nada disso, pessoas. Na verdade continuo achando que uma vida perfeita é composta de muitos carboidratos e gorduras. Aaahhhh se eu pudesse... acho que iria naquela rede de fast food onde tudo é frito com banha de porco e não tem nada light nem diet, a Heart Attack Grill, onde um único sanduba pode ter 8 mil calorias! Sonho seria poder comer TUDO sem engordar, nem ter espinhas e nem colesterol alto. 


Mas bem, considerando que essa perfeição não é, nem de longe, disponível pra mim, tenho que me conformar em fazer dieta e colocar na minha cabeça que esse é meu karma. Nunca poderei ter a felicidade de comer de tudo sem engordar, meus genes não permitem isso. Então quando cheguei num ponto de perder algumas roupas (resultado de visitinhas semanais ao meu tão amado McDonalds), me vi com 10kg acima do meu peso ideal, ou seja: hora de mudar! Aí uma amiga me apresentou a tal Dieta Dukan


Resisti a isso!
Tô de parabéns???
Nunca ouviu falar? Pois bem, ela é uma variação mais rígida da conhecida dieta das proteínas. Posso comer todas as carnes magras, peixes e frango, desde que preparados sem gordura. Posso abusar de laticínios 0% (queijo, iogurte e requeijão). Posso legumes e verduras em dias alternados, e NADA de pão, macarrão, arroz, frutas... Depois de 41 dias, emagreci 5kg, e pela primeira vez estou 100% disciplinada e sem deslizes. Confesso que já tomei remédio pra emagrecer (quem nunca?), e mesmo sem estar tomando nadinha agora, muitas vezes sinto a mesma sensação de quando tomava. Consegui resistir nesse tempo a todas as tentações que se colocaram na minha frente: tortas, bolos e chocolates, principalmente no ambiente de trabalho (disparado o local que mais tem tentações pra mim).

Comprei os 2 livros do tal de Dukan, vivo indo no mercado e nunca comi tanto peixe, e principalmente kani. Acho que carne vermelha não é meu forte, quando como fico enjoada, portanto estou quase uma sereia de tanto peixe (se bem que baleias também comem os bichinhos)! Não era de tomar leite por causa da minha leve intolerância a lactose, aí encontrei leite de baixa lactose e me joguei: quase uma cabrita. Vou confessar que tenho gastado horrores em cada ida ao mercado, essas coisas zero são bem carinhas... mas tá valendo!

... mas prefiro isso!!!!
Eu posso isso...
 O grande problema é a vida social. Sair com os amigos sempre envolve comida, né? É realmente muito chato não poder acompanhar os outros nas delícias, acho que isso me irrita mais do que não comer propriamente. É chato não poder beber aquele chopinho, ou não poder ir na pizzaria, ou então ir na temakeria e pedir o temaki sem arroz. 





Se eu pudesse, e meus genes deixassem,
eu nem olhava pra direita, e sim me
 jogava na esquerda!
Pois bem, odeio dieta, e amo comer, mas também me gosto mais magrinha, e por isso esse sacrifício todo. Adoraria ser daquelas gordinhas super bem resolvidas, sabe? Invejo elas! Até porque o que interessa é a gente se amar, né? Mas quer saber? Gostaria mesmo de poder comer tudo, sem engordar. Isso sim é meu sonho. E juro que se eu tivesse nascido com um metabolismo assim, comeria tanto, e tanta porcaria, que alface e tomate pra mim só seriam parte do recheio de um belo hambúrguer  Salada de frutas? Ok, mas com creme de leite! kkkk, tão vendo? Deus não dá asa a cobra, por isso nasci gordinha!

E vocês, já fizeram dietas malucas? Beijos e boa semana!


terça-feira, 14 de maio de 2013

Barba, Baby, Baba!

Gente, quero começar o post declarando minha indignação: as mulheres ainda preferem os sem barba!!! Quase tive uma síncope ao perceber isso no resultado da enquete que eu fiz nas redes sociais e no boca-a-boca. Do total, foram 62 votos, dos quais 52,85% preferem sem barba, 39,75% são fãs de um ursinho, e 7,4% gostam de homem de todo jeito!



Bem, tudo começou porque dois amigos meus estavam naquele dilema de deixar ou não a barba criar vida própria e passar a emoldurar suas carinhas. Eu, numa opinião mais do pessoal, acho barba lindo. Lógico que não estou aqui falando que Papai Noel é um gato, ou que Nilo (aquele mendigo da ex-novela das 8) era um chuchuzinho, mas que eu super curto um homem com barba, nunca neguei. Muitas amigas minhas também são a favor das cabeleiras faciais. Então na minha cabeça já era preferência geral. Enganei-me totalmente... A fim de passar uma opinião mais fiel a vocês, fiz uma enquete, e levei esse tema a algumas rodas de conversa, e fiquei passada com a quantidade de anti-barbas existente! 


É sério, como uma mulher pode não achar uma barba cheirosa, bem cuidada e macia o sinônimo de virilidade e charme masculino? Como?!? Alguém me explica!!!! 
Alerta máximo para os
adeptos da barba!
Mas bem, daí tentei entender o outro lado, o das defensoras de cara-de-bebê, e passei a ver o outro lado da moeda. As razões são até bem justificáveis, em especial um rosto sempre lisinho e que não pinica e uma carinha de bebê. Entendi a preferência, meninas. realmente tem homens que não ficam bem de barba, mas serei uma eterna defensora de uma barba macia e cheirosa, desde que devidamente tosada e bem cuidada. Isso sim é essencial: porque não adianta ser o Brad Pitt e ter uma barba enorme, e ainda com o resto da sopa de carne da noite anterior endurecida nela. Pois é, meninos, isso é uma dica valiosa: se vocês escolheram ficar no time dos ursinhos, terão que cuidar delas, mantê-las impecáveis, e óbvio: LIMPAS!


Mesmo que os números mostrem que elas preferem os lisinhos, mas sempre terá um lugar garantido para os que escolheram a penugem facial. Ainda bem que existem tantos gostos diferentes, né? Eu, por exemplo, acho muito feio cavanhaque, nem curto aquela barba "por fazer", mas descobri que a mulherada super curte uma barbinha que está querendo crescer, tipo uns 3 dias sem ver Gillette, e que mesmo em minoria, há aquelas que adoram um cavanhaque. Uma coisa inegável com relação a barba, é que com ela o cara fica com uma aparência mais marcante, e muitas vezes ajuda a parecer mais velho (sim, muitas vezes isso é necessário, principalmente no trabalho, pra aparentar mais experiência ou respeito). Outra coisa boa é que disfarça marcas de espinha no rosto, e também bochechas fofuxas. 

Sinto informar aos adeptos do bigodinho que este penteado não agrada a nenhuma das mulheres que responderam. Talvez agrade às avós, que ainda curtem as barbas dos anos 60, mas nas gerações mais atuais um bigode serve como repelente de mulher. Por mais que o desenho de bigode esteja na modinha, mas é só em desenhos, bijous e camisetas, mas não nos rostinhos.

Ah! E tem também aquelas que gostam com barba, sem barba, com cavanhaque, careca.... que simplesmente gostam do Ser masculino na essência. Danadinhas essas meninas, hein?

Mas enfim, o que importa é que existe público pra todos os padrões de meninos, e que por sorte nem todas nós, mulheres, pensamos igual, porque se já tem barraco feminino discordando, imaginem se todas gostassem de um tipo só de homem! E vocês, o que acharam dos COM e SEM que publiquei aqui? Na MINHA opinião, TODOS eles ficaram muito mais lindos de barba....;) Como não amar???...

Beijos!!!!


segunda-feira, 6 de maio de 2013

Garota de programa ou Rainha do Prazer?

Corra, Lola, corra!
Fonte: http://m.g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2013/04/
faco-porque-gosto-revela-garota-de-programa-
recem-graduada-em-letras.html
Hello people! Hoje resolvi falar aqui de um tema que é bem polêmico (e se isso der "audiência" pro blog, melhor ainda! kkk). Soube semana passada de uma história bem interessante e que vale a pena ser contada. Para aqueles que não sabem, surgiu na mídia uma garota de 21 anos, formada em letras, culta, linda, de boa família e sem traumas de infância que resolveu juntar o útil ao agradável e se tornar garota de programa. O nome dela (artístico, e não de batismo) é Lola Benvenutti. E quando eu disse que ela juntou 2 em 1, estava falando sério: ela adora sexo, e dinheiro, e por que não unir os dois numa profissão que ela descobriu adorar?



Ok, tema polêmico, né? Mas vamos entender melhor. Com a liberdade sexual, as mulheres têm cada vez mais poder de fazer o que querem na sociedade. E isso inclui vender, ou melhor, alugar, o corpo para quem bem entender. Muitas pessoas podem criticar a atitude dela, mas a achei o máximo! Porque analisando friamente, e colocando de lado todos os preconceitos da sociedade, ela teve coragem suficiente pra assumir exatamente o que ela gosta e quer. Muitas mulheres acabam "dando" pra uns e outros (e muitos outros), e pelo fato de não cobrarem por isso acham que estão cheias de valor. E quer saber? Não tem muita diferença entre as duas. Pelo menos a Lola faz, gosta, e ganha a vida com isso assumidamente sem se importar com todas as críticas. Existe muita mulher recalcada por aí que dá uma de "mocinha", mas faz bem pior. 




Sempre adorei pessoas que se assumem, e sempre achei que o cara pra assumir na sociedade que é gay tem que ser muito macho, como também a mulher bater no peito e assumir que gosta de sexo é muito mais mulher que a maioria. Obviamente não estou querendo encorajar ninguém a nenhum dos dois, até porque quem optou por um caminho não-convencional provavelmente irá sofrer muito preconceito, e terá muitas portas fechadas. É uma decisão muito difícil, e que a pessoa precisa ter muita coragem e certeza. Mas se ela (no caso a Lola) está certa de que é isso que ela gosta e quer, qual o problema nela assumir? Moralismos à parte, ninguém tem nada a ver com isso, todos somos livres pra escolhermos o que queremos da vida, né?

Na época de Bruna Surfistinha li o blog dela algumas vezes, antes mesmo do livro e do filme. Lola tem um blog no qual também conta tudo, e fala sobre seus clientes. Portanto é inevitável que todas as mídias estejam comparando as duas, e inclusive elogiando Lola pela sua maneira de escrever. O que pude perceber nos dois casos é que elas nasceram mesmo pra coisa, sabe? Muito talento mesmo! E o problema de Bruna (Surfistinha) foi ter se envolvido com drogas, aí começou o declínio dela. Se Lola souber lidar com essa fama repentina e não se envolver com pessoas erradas, talvez ela tenha um futuro promissor nessa área. Obviamente não como prostituta até o fim dos dias, mas pelo entusiasmo dela com sexo e tudo o que o envolve, ela pode até ir por outros caminhos nessa mesma área, aproveitando os dotes linguísticos que ela possui.













A sociedade toda é muito cheia de falsidade, de falso moralismo, de críticas. Gente, o amor é livre, o corpo é livre, e a alma é livre! Cada um faz o que quiser e como quiser, e não vejo problema nisso desde que não faça mal a ninguém. Aliás, tem mais valor uma prostituta que não prejudica ninguém do que um político que rouba e impede os direitos da população, concordam? Opinem! Vamos movimentar isso aqui!!! Uhuuuuu!!!

Beijos!!!!

Tá me chamando de goooooorda!?!?!

Minha foto

Sou uma arquiteta metida a programadora visual, fotógrafa e conselheira amorosa. Filha única, cresci sendo amiga de muitos meninos, que eram como meus irmãos. Isso me fez ver a mente masculina de uma forma um pouco diferente...