segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Delírios de uma TPM

Fonte: www.rexonateens.com.br/
rexonateens.com.br/site/post/tpm
Quero fazer um desabafo. Estou no auge da minha TPM: ansiedade, mau humor, compulsão alimentar, sono e cansaço. Pensando neste maldito período que nós, mulheres, passamos todo maldito mês, cheguei definitivamente a uma conclusão. Se eu pudesse escolher o que ser na próxima encarnação, escolheria vir homem com certeza! 

Bem, que eu preferia ser homem eu já sabia, e até acho que já tinha comentado isso por aqui. Mas aí completei meus pensamentos utópicos. Não só gostaria de ser homem, como iria querer ser homem e gay. Aí vocês me perguntam: "mas Anne, por que querer ser gay?" e eu respondo com uma simples resposta: nós mulheres somos tão instáveis e chatas, que preferia ser homem e gay pra não ter que conviver tanto conosco.

E tem mais, perfeição pra mim seria ser homem, gay, e gordinho. A perfeição, portanto, se materializa no personagem do seriado "Modern Family". Pra quem não conhece, esse é um seriado que trata de coisas que acontecem nas famílias modernas: filhos adolescentes com problemas, casamentos entre pessoas com grande diferença de idade, homossexualidade, adoção... E no meu mundo perfeito em delírio de TPM, eu seria  o Cameron (Eric Stonestreet). Gente, ele é muito fofo, dá vontade de abraçar, tipo um ursinho, sabe? E ele é casado com o ruivinho aí da foto, e adotaram uma menina vietnamita, a Lily. Esse seriado é muito bom! Dou muitas risadas com ele (passa na Fox, pra quem tem TV a cabo). 

Bem, voltando ao assunto, eu adoraria ser Cameron. Todo mundo gosta dele, porque ele é um fofo e é impossível não gostar dele. Ele adora ser "mãe", e leva muito jeito com a baby. Ele é sensível, porém sem ter picos de estrógeno e progesterona. Além disso, pra completar a perfeição dele, ele é gordinho, guloso, e muuuuito feliz assim!


Fora isso, é muito mais legal ser homem por vários motivos:
- homens são mais respeitados pelos mecânicos, porteiros, encanadores, eletricistas, ....
- homens fazem xixi em pé,
- homens não precisam se depilar,
- homens podem arrotar em público, e ainda vão conseguir pegar alguém depois disso,
- homem pegador é gostosão; já a mulher é galinha,
- homens não menstruam nem engravidam,
- e por aí vai a lista longa.

Então baseada nesses índices incontestáveis, e na minha sensibilidade ocasionada pela TPM, concluo que ser mulher é uma grande bosta!!! Humpf!!!!!! #prontofalei

E vocês, pessoal, o que acham? O que vocês gostariam de ser na próxima?

Beijos!!!!
:*
:*
:*

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Apelidos bizarros...

Fonte: http://dariobarbosa.blogspot.com.br/2011/09/apelidos-evangelicos-para-o-penis.html
Gente, nas conversas que tenho em mesa de bar (ou nas mesas de computador, hehe), um tema que veio à tona essa semana foi sobre apelidos. Ai gente..., tem aqueles apelidos que só os integrantes do casal acham fofo, sabe? As pessoas se mostram extremamente criativas na hora de colocar apelidos em seus parceiros, ou pior, nas joinhas dos parceiros. 



Meninos, que reação vocês teriam ao terem seu "amiguinho" chamado de bibelô? Nunca esquecerei da cena em "Como perder um homem em 10 dias", em que na hora H a mulher chama o dito cujo de "Princesa Sofia". Hahahahaha! Sério mesmo, sou mulher, mas confesso que até eu brocharia neste momento épico! Tem aqueles clássicos: Conan, Magaiver, João, essas coisas....mas se bem que eu vos pergunto: precisa REALMENTE apelidar suas joinhas, meninos? Outro diamante que escutei, e nunca irei esquecer, foi de uma amiga que no meio do processo falou pro parceiro "Pula Dayane!", se referindo à Dayane dos Santos, a ginasta. Deve ter sido tão brochante quanto um "Pedala Robinho", ou um "Vai popozuda!"



Tem alguns muito criativos que eu já vi, como um casal que se chamava "carinhosamente" de Xexelo e Xexela, derivados de xexelento, ou em um português mais claro: derivado de espinhas com pus. E o pior: eram muito fofinhos!!! Um amigo meu que começou recentemente um romance, vem chamando a menina de "inimiga", por ela ter tirado ele da vida de orgia de solteiro! Outro casal se chamava de Memow (contração de "meu amor"). Os mais bregas (me perdoem quem usar esses codinomes) são os casais que se chamam de "Vida", sempre achei esse terrível, até porque não vou chamar ninguém de Vida, porque minha vida depende de mim, e nunca deve depender de outra pessoa, né? Também horrível o tal de "Princesa" e "Príncipe", a não ser que você seja casado com o Príncipe Willian.

Outros apelidos interessantes e criativos, que merecem ser citados (e por incrível que pareça eram ditos com carinho):
- "Peste Bubônica", apelido carinhoso e recíproco de um casal;
- Toicinho (dado a uma menina por suas gordurinhas, de cor branca e mole),
- Um namorado chama a gatinha de "Vagabunda" quando atende o telefone e ela responde: "Diz Bicho de Chifre",
... e por aí vai ...



Pois bem, vocês têm alguma história pra contar, ou algum apelido interessante pra citar? 

Beijos!
:*
:*
:*




quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Quem nunca?

Tem uma brincadeira muito comum em mesa de bar, daquelas que é só uma desculpa pra "virar" a bebida entre amigos, sabe? Explicando: alguém começa puxando uma frase do tipo "EU NUNCA fiz xixi na cama", daí todas as pessoas que já fizeram isso (incluindo a pessoa que falou a frase), bebem. E por aí vai... Aí como resultado óbvio: dor de cabeça e ressaca no dia seguinte...hehehe



Pois bem, já brinquei disso (olha só: não sou perfeita! kkkk), e me lembrei dessa brincadeira esses dias e pensei que daria um post engraçado, pra fechar o carnaval. Vamos lá, então!

QUEM NUNCA: 

  1. matou aula porque estava de ressaca
  2. ficou com alguém tão feio que no outro dia fingiu que não conhecia
  3. soltou um pum e colocou a culpa no cachorro ou numa criança
  4. comeu tanto que vomitou depois pra conseguir respirar
  5. ou pior: vomitou forçadamente pra poder comer mais no rodízio ou continuar bebendo
  6. colocou uma meia (ou qualquer coisa pra aumentar o volume) no sutiã (para meninas) ou na cueca (meninos) pra aumentar o volume
  7. mentiu o peso em chat da internet
  8. fez Photoshop na foto do Facebook

  9. passou um dia inteiro sem tomar banho
  10. fingiu um choro pra terminar logo uma briga
  11. dormiu na hora H
  12. fingiu na hora H
  13. saiu de casa desarrumado, encontrou com "a" pessoa na padaria, mas fingiu que não viu com vergonha
  14. disse que a amiga estava feia só porque no fundo está roxa de inveja dela
  15. escondeu aquele doce maravilhoso no armário pra ninguém comer na sua ausência
  16. ficou com alguém que não conhecia, e no outro dia não lembrava
  17. bebeu a ponto de ter amnésia no dia seguinte
  18. disse aos pais que ía pra um lugar, mas na verdade foi pra outro 
  19. omitiu algumas coisas do seu passado pro(a) seu(sua) atual parceiro(a)
  20. viu um acidente e parou pra ver o defunto só por curiosidade
  21. passou trote pro paquerinha
  22. investigou a vida alheia em redes sociais
  23. quando estava de dieta, comeu escondido pra não escutar sermão
  24. chorou vendo propaganda 
  25. inventou que estava doente pra não sair com os amigos, quando na verdade queria ver a reprise de Crepúsculo (ou qualquer outra coisa bizarra assim)
  26. voltou pra casa as pressas porque estava com dor de barriga
  27. viu pornografia na internet escondido
  28. ficou intimamente (e secretamente) feliz por alguém se dar muito mal, do tipo "acho é pouco!"
  29. brigou de bater com algúem
  30. fez bullying em alguém
  31. fez chantagem emocional pra conseguir alguma coisa
  32. comeu escondido pra não ter que oferecer nem dividir
  33. negou dinheiro emprestado a um amigo porque sabia que ele não ía pagar
  34. roeu a unha até sangrar
  35. contou uma mentirinha pra evitar uma briga
  36. saiu do cabeleireiro chorando
  37. ficou com alguém sem querer, só porque era a única coisa que tinha pro dia
  38. colocou a culpa em outra pessoa por alguma besteira que você fez (colocar a culpa no irmão conta!)
  39. falou mal de um amigo pelas costas
  40. traiu e escondeu depois


E aí gente, vocês entraram no clima da brincadeira? Quantos pontos vocês fizeram? Não vou dizer quais, só digo que EU JÁ 22 ítens! kkkkkk

Beijos!
:*
:*
:*

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Vantagens da solteirice feminina!

Tem um blog que eu gosto muito, o Machos de Respeito. Recebo as atualizações por e-mail, e hoje quando estava no trânsito para o trabalho, comecei a ler o novo post de hoje: "25 Vantagens de ser Solteiro". Ri muito e resolvi postar a versão feminina. Primeiramente quero deixar beeeeem claro que as opiniões abaixo são fruto de uma longa pesquisa e intermináveis debates entre mulheres em mesas de bar regadas a chops, ou seja, as opiniões listadas não são todas de minha autoria.

Bem, vamos às vantagens da solteirice feminina:
  1. Poder ficar sem se depilar. Isso foi quase unânime! Quando você está namorando tem a necessidade de estar sempre "ajeitadinha", mas quando se está sozinha, você define quando quer, e SE quer!
  2. Ter controle do seu controle da TV. 
  3. Dormir utilizando a cama inteira, sem precisar ficar encolhida.
  4. Poder esticar depois do trabalho sem dar satisfação pra ninguém.
  5. Poder usar a roupa que quiser, sem ninguém enchendo seu saco dizendo que o decote tá grande ou a saia está curta.
  6. Curtir sua TPM e mau humor em paz!
  7. Não ter que dividir edredom.
  8. Deixar o quarto na temperatura que você quiser, sem ter que agradar parceiro nenhum!
  9. Poder chegar em casa de mau-humor, Não precisar fazer jantar pra ninguém, tomar só um Todynho e ir dormir.
  10. Ficar até tarde vendo besteira na Internet sem dar satisfação.
  11. Namorar engorda. Isso é comprovado cientificamente. 
  12. É bem mais fácil fazer dieta sem ter que sair com o boyzinho pra churrascaria no meio da semana porque ELE tem necessidade de comer carne.
  13. Você não precisa fazer distinção das suas companhias: pode sair com menino, menina, gay, enfim, o que der na telha.
  14. Não ter que dar satisfação da sua vida pra ninguém.
  15. Não ter que visitar os sogros nos domingos.
  16. Passar o domingo vendo TV, de camisola e descabelada.
  17. Jantar repolho com ovo cozido sem ter medo de ter gases noturnos.
  18. Ir pra balada e ficar bêbada, sem ninguém lhe controlando, e a ressaca moral é menor quando a única satisfação que você precisa dar é pra si mesmo.
  19. Nessa balada ficar com aquela sua amiga piriguete que nenhum dos namorados gosta.
  20. Voltar da balada, não ter que tomar banho e nem tirar maquiagem, e no outro dia acordar de ressaca e que nem um panda.


  21. Usar camisola tipo camisetão de algodão.
  22. Usar calcinha modeladora bege.
  23. Dormir com máscara facial.
  24. Lavar a calcinha no banho e deixar pendurada no box.
  25. Poder passar o tempo que quiser no banheiro.
  26. Escutar a música que quiser.
  27. Passar o dia no salão sem ninguém te ligando pra voltar pra casa.
  28. Às vésperas do carnaval, sair com as amigas solteiras e aprontar todas que só irão ficar guardadas na sua memória.
  29. Chorar com comercial de margarina sem ninguém te chamar de frouxa.
  30. E a última, by GB: "Namoros servem pra você saber o quanto é bom ser solteiro".
Beijos!!!
:*
:*
:*

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

HOMENS x MULHERES- PARTE II

Olá pessoas lindas! Espero que os preparativos do carnaval estejam a todo vapor! 

Hoje vou falar um pouco mais daquele tema de "guerra dos sexos" (Post parte I), que por sinal gerou alguns xingamentos pra mim. Pois é, algumas amigas vieram reclamar comigo, mas daí perguntei: "E não é verdade?", aí a resposta foi: "Pior que é...". Pois é, pessoal, é difícil admitir que nós, mulheres, somos insuportáveis. E lóoooogico que estou incluída nessa estatística, tá. Sou igual a todas as outras mulheres, inclusive nos defeitos. A diferença é que tenho total noção de como somos chatas e cheias de frescura.


Vi outro dia no Instagram uma imagem que achei o máximo! Ela diz: "Meu marido faz tudo o que eu peço, MAS eu tenho que pedir". Cara, achei isso muito bom! É exatamente isso que acontece! Homens raramente têm essas picuinhas, mas nós, mulheres, sempre temos. Queremos que os outros (incluindo amigos e familiares) "adivinhem" o que nós queremos. Homens simplesmente dizem claramente o que querem, sem enrolar, aí lógico que eles terão dificuldade de detectar o que nós queremos. Custa chegar pro cara e dizer o que realmente queremos, ou o que realmente pensamos? Isso tiraria qualquer margem de dúvida da cabeça dos homens, que vamos combinar não têm muitos neurônios dedicados à adivinhação.

Admiro muito toda essa objetividade masculina. Tudo é mais simples, mais claro, tão óbvio, né? O problema é que associado a isso muitas vezes vem uma insensibilidade impressionante. Sábado fui ao salão (sim, meninos, enquanto vocês estão tomando uma no sábado à tarde, muitas mulheres precisam ir ao salão), e a coitada da manicure estava lá fazendo minhas unhas e fungando, daí ela começou a desabafar e o problema é que o namorado dela tinha acabado de ligar pra ela e acabar um relacionamento de 6 anos (anos, e não meses) por telefone, quando no dia anterior tinham estado juntos sem problema algum. Lógico que na hora ela começou a chorar no telefone, e ele teve a cara de pau de perguntar "Você nunca acabou um namoro antes, foi?". Poxa, sério mesmo, só não escrevo aqui todos os palavrões e xingamentos que ele merece por educação a vocês, mas só desejo uma coisa a ele: que tudo o que ele fez essa moça sentir, que venha em dobro pra ele. 



A objetividade masculina é maravilhosa, mas essa insensibilidade é nojenta! E tem mais: aposto que esse imbecil quis acabar pensando em ficar "livre" no carnaval semana que vem, e que daqui a 2 semanas vai pedir pra voltar. Cabe a ela aceitar ou não, concordam? Pois bem, vocês homens são seres maravilhosos, objetivos e diretos, mas o preço disso tudo é que muitas vezes tanta objetividade machuca as pessoas ao seu redor. Um pouco de sensibilidade cai sempre bem, tá? #ficadica

"Eu não sou insensível, apenas não me importo"
 resume a maldita objetividade masculina!!!!
Beijos!
:*
:*
:*

Tá me chamando de goooooorda!?!?!

Minha foto

Sou uma arquiteta metida a programadora visual, fotógrafa e conselheira amorosa. Filha única, cresci sendo amiga de muitos meninos, que eram como meus irmãos. Isso me fez ver a mente masculina de uma forma um pouco diferente...