sábado, 27 de outubro de 2012

Ócio: vem que quero te usar!

Tive hoje uma conversa muito interessante sobre hobbies e ócio, e quero compartilhar aqui com vocês. Aliás, adoraria que a vida nos desse um botão de "Curtir e Compartilhar", isso facilitaria tanto as coisas.... além de ter também um Ctrl+Z, pra desfazer um monte de besteira que a gente faz, né?

Santo ócio.......

Bem, mas continuando no tema de hoje, muitas vezes ficava com peso na consciência de ser arquiteta, mas não ter como hobby coisas diretamente ligadas à arquitetura. Uma vez li que meu ídolo Isay Weinfeld não considerava arquitetura a arte que mais emocionava ele (pra quem não conhece ele é um arquiteto show de SP). Fiquei pensando naquilo....e me identifiquei tanto! Sou bem assim também.

Isay Weinfeld: I <3 U!!!

Vejo um monte de amigo meu, arquiteto, que viaja com o pensamento de quero-ver-arquitetura-e-isso-é-o-que-vai-guiar-minha-viagem. Putz, não sou assim....definitivamente não sou mesmo! Viajo pra muitas coisas, arquitetura pode até ser uma delas, mas com certeza não está no topo da minha lista. Adoro em viagens principalmente ver os hábitos e culturas locais, ir em lugares frequentados por moradores, sentir como é morar naquele lugar. ESSE seria o principal ponto de minhas viagens... 

Outra coisa que me incomoda: só porque sou arquiteta tenho que ler só revistas de arquitetura? Aliás, só curto revistas desse gênero quando estou procurando alguma inspiração pra alguma coisa de trabalho. Nas minhas horas vagas adoro uma futilidade, uma revista de fofoca sobre os globais, ou uma revista de moda, ou de mulher moderna e ousada (tipo NOVA). Outra coisa que amo é ver TV, e podem ter certeza que não assisto programas arquitetônicos, o que gosto mesmo são séries bobas, e meu novo vício: programas de investigação criminal que passam na Investigação Discovery (é fantástico tentar entender a mente de um serial killer e como são feitas as investigações, tipo CSI real!!!).

 ou


Estão vendo? Nas minhas horas vagas adoro um monte de coisa, e nada realmente ligado diretamente à arquitetura. Será que tem algo errado comigo? Esse blog, por exemplo, poderia tê-lo feito sobre arquitetura, e projetos, mas seria muito chato e eu não conseguiria ter tesão pra mantê-lo. Resolvi então fazê-lo como uma conversa entre amigos, e é algo que realmente me dá prazer, sabem? Escrever aqui realmente se tornou uma coisa muito agradável, um hobby perfeito pra desopilar nas minhas horas vagas. Fico arrasada quando não tenho tempo na minha rotina de passar aqui e dar um alô. AMO quando vejo comentários, SURTO quando vejo os acessos!... O que tem de errado nisso? Dá licença que não quero ser arquiteta 24hs por dia!



Mas isso me fazia sentir culpada, até que nessa conversa que tive hoje, percebi que esses meus hobbies são maravilhosos, porque criam um ócio que me desprendem de arquitetura, mas que abrem minha cabeça exatamente pra esse setor. Me indicaram um livro: "Ócio Criativo". Vou hoje mesmo no shops comprar, terei como meta de leitura essa semana (ok, vou pausar Cinquenta Tons Mais Escuros...).

Na sinopse diz: 

"O autor volta a elaborar temas sobre a sociedade e o trabalho. Insatisfeito com o atual modelo social, ele propõe uma nova ordem baseado na simultaneidade entre trabalho, estudo e lazer."



Perceberam? Não????? É....eu também não....kkkk e por isso vou ler! Louca pra ler e entender melhor isso que se passa, sabe? Digo aqui pra vocês depois, ok? Mas de antemão percebi que não preciso respirar arquitetura 100% do meu tempo, e que diversificar me torna uma profissional mais completa (será que é isso mesmo a mensagem do livro?).




E o que VOCÊS acham?????? Tô super querendo saber a opinião de vocês!

Beijos!!!
*
*
*


Tá me chamando de goooooorda!?!?!

Minha foto

Sou uma arquiteta metida a programadora visual, fotógrafa e conselheira amorosa. Filha única, cresci sendo amiga de muitos meninos, que eram como meus irmãos. Isso me fez ver a mente masculina de uma forma um pouco diferente...