segunda-feira, 16 de julho de 2012

Comi!

Fui assistir ontem "E aí, comeu?" com minha mãe, num programinha mãe e filha, tal.... E gostei muuuuito! Se bem que já imaginava que iria adorar, porque pelo trailer já tinha dado pra sentir que era daqueles filmes que fazem você rir horrores! E recomendo bastante, desde que você não tenha problema com palavrões, nem atos politicamente incorretos, nem situações machistas. Saí do filme pensando em vários posts, até porque o filme inspira vários assuntos!




No filme, 3 amigos se reunem diariamente (ou melhor, "noturnamente") num bar, para beber e conversar sobre suas histórias. Tirando o fato de que se reunem todos os dias, achei tudo bastante possível. Ok, sou mulher, portanto só saberia o que se passa numa mesa só de homens se me transformasse numa mosquinha (#sonho), mas por muitas vezes já fui a única menina em mesas de bar e ambientes só de meninos, e sei que as histórias são bem parecidas mesmo (só que um pouco mais leve). 

Adoro ver essas coisas, sabe? O outro lado da moeda. É bom saber como os homens se sentem em determinadas situações. Aí o filme até mostra homem sofrendo, que foi o outro post que escrevi. Ok, no filme homem também chora, e sim, isso é possível, mas não, nunca igual a Jorginho, o Sofredor do Amor.

Queria até sugerir uma continuação pro filme, mas com uma visão feminina sobre o assunto. Ou vocês acham que mulher não se reune pra beber e falar mal dos homens, que mulher se reune só em banheiro?! Aliás, acho que as mulheres falam ainda mais do que os homens! Tenho até um título pra sugerir: "E aí, desse?"



E se você ficou curioso, entra nesse link e se joga! http://www.cinemarecife.com.br/e-ai-comeu/ 
E se depois do filme der uma vontade louca de encher a cara de gim tônica, tudo bem, é normal! ;) 


Tá me chamando de goooooorda!?!?!

Minha foto

Sou uma arquiteta metida a programadora visual, fotógrafa e conselheira amorosa. Filha única, cresci sendo amiga de muitos meninos, que eram como meus irmãos. Isso me fez ver a mente masculina de uma forma um pouco diferente...